2 de out de 2011

Espelho, espelho meu...



Julgamos a tudo e a todos o tempo todo, sem nos darmos conta de que estamos julgando a nós mesmos. Com tal discriminação sofremos  desequilíbrios em nossas vidas.

Quando agimos discriminando ou julgando as pessoas, por não acreditarem ou viverem de acordo com o que acreditamos ser certo para nós, nossa mente julgadora entra em ação, causando muitas inimizades, confusões e separações, afinal somos diferentes, e diferenças existem em cada um.

Será que existe mesmo o certo e o errado?
Será que estou certo e o outro esta errado?
Será que o motivo do meu sofrimento, são as outras pessoas que  estão contra mim ou não me entendem?

Texto longo, mas muito interessante.
Pra quem quiser ler mais, acesse o link.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Se não puder se destacar pelo talento,
vença pelo esforço."